[ADEUS, OLÍMPICO] Um amor passado entre gerações…

Em (Opinião) por Dreher em 27/11/2012

Este não é um texto de despedida, nem de lamentação. Este é um texto de alegria, de agradecimento ao Estádio Olímpico Monumental, pelos anos que me abrigou, pelas vezes que vibramos juntos e, porque não, pelas vezes que choramos juntos também. Este também é um agradecimento ao meu pai, pois foi pelas suas mãos que pude conhecer a casa do Grêmio.

A minha primeira ida ao Olímpico foi no dia 28 de Outubro de 1989. Foi o meu presente de aniversário de 8 anos. Me lembro daquele dia como se fosse hoje, a emoção que senti ao pisar pela primeira vez na casa do clube que amei desde que nasci, arrebatado por uma paixão passada pelo meu pai, que agora me levava pela primeira vez ao estádio.

Era um sábado de sol e saímos de Montenegro cedo da tarde, em um ônibus da Viação Montenegro. Descemos na rodoviária de Porto Alegre e ali pegamos um taxi rumo ao Monumental. Lembro que fiquei impressionado ao entrar pelo Largo dos Campeões ao ver o Olímpico ali. Até então, um estádio de futebol daquele tamanho só existia no meu imaginário e pela tela da televisão. O Grêmio enfrentaria o Internacional de Limeira, pelo Campeonato Brasileiro. Era um jogo tranquilo, perfeito para a primeira experiência de um guri de 8 anos. Era a época do chamado "Grêmio Show" treinado pelo Cláudio Duarte, que no mês anterior tinha se sagrado campeão da Copa do Brasil. Era um timaço!

Lembro que não dei uma bola para o jogo. Eu tinha um outro motivo para estar ali. Queria ver o meu maior ídolo! MAZZAROPI! Com 8 anos eu não queria ser atacante, queria ser goleiro! Queria ser igual ao Mazzaropi! O estádio não estava cheio e lembro que insisti com o meu pai que queria ver o jogo atrás do gol, para ficar mais perto do Mazzaropi. Depois de muito insistir (sim, eu era chato desde pequeno), convenci meu pai a assistir o segundo tempo atrás da goleira da Carlos Barbosa. Ali me debrucei na mureta junto mais alguns garotos e gritava incansavelmente: "MAZZAROPI! OLHA AQUI MAZZAROPI!". Fiquei gritando por alguns minutos, até que então o Mazzaropi se virou e acenou para mim. Entrei em estado de choque! Saí correndo arquibancada acima gritando "PAI! PAI! O Mazzaropi abanou pra mim!". Eu estava no céu. Fui notado pelo meu maior ídolo. Depois daquilo concordei em sentar novamente no meio do campo, onde vi o Grêmio marcar o segundo gol.

Naquela tarde o Grêmio venceu por 2 x 0, gols de Paulo Egídio e Kita. Lembro muito bem dos gols, mas o resultado era o que menos importava. Eu, aos 8 anos, conheci a casa do Grêmio, vi o Mazzaropi e ele ainda abanou para mim! Foi o presente perfeito!

Esta foi a única vez que meu pai me levou ao estádio. Ele sabia que não precisava mais. Sabia que o amor pelo Grêmio que ele me passou já estava encravado no meu coração. Foi como se ele me dissesse: "Filho, aqui é a casa do Grêmio. Agora tu sabe o caminho. Agora é contigo...". Fui mais algumas vezes ao Olímpico sozinho, mas não com a frequência que eu queria. Me associei em 2005 e acompanhei toda aquela epopéia quase trágica do Grêmio na Série B. Naquele ano meu pai voltou ao Monumental comigo para assistir Grêmio x Santa Cruz, e foi quando eu falei pra ele: "Pai, obrigado por ter me ensinado o caminho. Obrigado por ter me feito gremista. Eu aprendi o caminho... E nunca mais vou esquecer.".

Pois em 2012 o Olímpico nos deixará. Terei que aprender um novo caminho para chegar à nova casa Tricolor. Mas dessa vez, serei eu o responsável por ensinar o caminho da casa do Grêmio para um gurizinho. Dessa vez, ensinarei esse caminho para meu filho. Que ele possa compartilhar desse amor pelo Grêmio, e pelo seu estádio, da mesma forma que eu fiz na "Era Olímpico".

Obrigado pai. Obrigado Grêmio. Obrigado Estádio Olímpico Monumental. Esse é um amor que passará de geração para geração. Que venha a "Era Arena".

 

Tags: , , ,

[Pré-jogo] Grêmio x Coritiba – 10 motivos para ir ao Olímpico

Em (Pré-Jogo) por admin em 31/07/2012

- É o início da busca pelo título inédito da Sul-Americana

 

- É nossa chance de revanche do último jogo

 

- Precisamos vencer bem pra encaminhar a classificação, e nós torcedores somos importante nisso

 

- Kleber volta ao time ao lado do Marcelo Moreno

 

- O jogo é as 21:15hs, ou seja, ninguém precisa sair correndo do trabalho

 

- Pelo horário da partida, da tempo de se encontrar com a galera e beber alguma coisa antes do jogo

 

- É o último Grêmio x Coritiba pela Sul-Americana no Olímpico

 

- É a última Sul-Americana do Olímpico

 

- É o último ano do Olímpico

 

- É o Grêmio!

 

VAMOS TRICOLOR, QUEREMOS A COPA!

 

 

Serviço do jogo:

 

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Edilson, Werley, Gilberto Silva e Pará; Fernando, Souza, Elano (Rondinelly) e Marquinhos; Kleber e Marcelo Moreno.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CORITIBA
Vanderlei; Ayrton, Demerson, Emerson e Lucas Mendes; William, Júnior Urso, Chico (Lincoln) e Robinho; Everton Costa e Leonardo.
Técnico: Marcelo Oliveira

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Assistentes: Márcio Santiago (Fifa/MG) e Carlos Berkenbrock (Fifa/SC)

Terça-feira - 31/07 - às 21:15hs - Olímpico

Ingressos:

Cadeira Central: R$ 70,00
Cadeira Lateral: R$ 60,00
Arquibancada: R$ 50,00

Abertura dos Portões: 19:15

 

- Vendas pela web apenas para sócios: 26/07
- Vendas pela web para portadores do cartão de Torcedor, consulados e estudantes a partir do dia: 27/07
- Vendas para demais torcedores nas bilheterias a partir do dia: 28/07, 30/07 e 31/07
Bilheteria exclusiva destinada ao sócio torcedor para venda de ingressos a partir de 26/07 na Central de Relacionamento funcionando das 9h às 19h sem fechar ao meio dia.

 

Sócio Torcedor Diamante tem 50% de desconto e na compra antecipada pela web até um dia antes do jogo ganhará mais um desconto especial.

 

Sócio Torcedor Ouro tem prioridade de compra pela web até um dia antes do jogo e ganhará mais um desconto especial.

 

Idoso - 50% de desconto no ingresso mediante apresentação da carteira de identidade (RG) na compra e acesso ao Estádio. Desconto válido para Cadeira Central , Lateral e Arquibancada. Necessário credenciamento antecipado. Venda somente na bilheteria da Carlos Barbosa.

 

Estudante - 50% de desconto somente na Arquibancada na apresentação de carteira de identidade (RG) e carteira estudantil na compra e acesso ao Estádio. Necessário credenciamento antecipado e aquisição do cartão do Torcedor. Venda somente na bilheteria da Carlos Barbosa.

 


ATENÇÃO TORCEDOR:


Torcida visitante ARQUIBANCADA, entrada pelo portão 20


Ao adquirir o cartão do Torcedor pelo custo de R$ 5,00, poderá ser recarregado nos jogos, pagando somente o valor do ingresso.

 

MENORES:
Não haverá cadastro de menores ou torcedores na Central de Relacionamentos.
Neste dia, o menor deverá se dirigir a uma das bilheterias da Carlos Barbosa, Cascatinha ou do Sócio Torcedor e adquirir o cupom do cadastro do menor ao custo de R$ 5,00 (cinco reais).
Com este cupom, o menor (devidamente acompanhado pelo responsável) vai acessar o setor desejado:
Social: portões 1 e 5
Arquibancada: portão 13

ATENÇÃO: com o comprovante devolvido pelo porteiro, o MENOR deverá procurar a Central de Relacionamentos durante a semana para fazer seu cartão.
Basta apresentar o cupom nos guichês para realizar o cadastro e retirar o cartão do Torcedor Menor.

 

Tags: , ,

É dia de jogo, no Olímpico ainda

Em (Pré-Jogo) por Valdo em 21/03/2012

Acabei de ler um belo post que trata do último ano do Olímpico Monumental no blog to torcedor e não consegui pensar em outro título para o post que não fosse esse. O jogo pode ser contra um adversário que na teoria é mais fraco do que o Grêmio, mas é mais um jogo no Olímpico Monumental, e um dos últimos da Copa do Brasil nesse estádio - motivo mais do que suficiente para tirar o torcedor da sua poltrona (ou da mesa do buteco) e levá-lo ao velho casarão para torcer e apoiar o time.

Se mesmo assim, você acha que esse jogo não vale o esforço de pegar o trânsito e achar um lugar para estacionar, ou de pegar o ônibus lotado, pense então que o Grêmio vem de ótimos resultados e que o Luxemburgo vem dando corpo ao time - e se isso lhe parece pouco pelos adversários que enfrentamos, lembre-se que antes nem isso conseguíamos contra times até mesmo inferiores.

Ainda não se convenceu?

Lembre-se então que o nosso treinador ouviu os apelos da torcida e colocará o Bertoglio a jogar desde o início do jogo. A provável escalação do Grêmio será: Victor; Gabriel, Werley, Gilberto Silva e Pará (Júlio César); Fernando, Souza e Marco Antônio; Bertoglio, Marcelo Moreno e Kleber. A provável escalação do River Plate - SE será: Pablo, Fabiano, Fernando Belém, Thiago Papel e Glauber; Mizael, Charles, Wallace e Almir Sergipe; Felipe Mamão e Claudinei (Bibi). Antes de algum comentários sobre a escalação do Pará no lugar do Júlio Cesar, saiba que o lateral está sentindo um desconforto na panturrilha direita e segue como dúvida.

Se ainda sim você segue em dúvida, finalmente pense que o time do Grêmio precisa de sua torcida apoiando, mesmo contra adversário mais modestos. O que faz nosso time grande é nossa torcida!

 Tenho certeza que você irá refletir e irá nesse jogo. Ahn, você precisa do serviço do jogo? Segue abaixo então o serviço do jogo:

 

Grêmio x River Plate-SE

 

Grêmio: Victor; Gabriel, Werley, Gilberto Silva e Pará (Júlio César); Fernando, Souza e Marco Antônio; Bertoglio, Marcelo Moreno e Kleber.

Téc: Vanderlei Luxemburgo

 

River Plate-SE: Pablo, Fabiano, Fernando Belém, Thiago Papel e Glauber; Mizael, Charles, Wallace e Almir Sergipe; Felipe Mamão e Claudinei (Bibi).

Téc: Luiz Carlos Cruz

 

Estádio Olímpico
Quarta - 21/03 - às 19h30min - Olímpico

 

Valores:

Cadeira Central: R$ 60,00

Cadeira Lateral: R$50,00

Arquibancada: R$ 40,00

Abertura dos Portões:17h30min

 

- Vendas pela web apenas para sócios: 13/03

- Vendas pela web para portadores do cartão de Torcedor, consulados e estudantes a partir do dia: 16/03

- Vendas para demais torcedores nas bilheterias a partir do dia:19/03

Bilheteria exclusiva destinada ao sócio torcedor para venda de ingressos a partir de 13/03 na Central de Relacionamento funcionando das 9h às 19h sem fechar ao meio dia.

Sócio Torcedor Diamante tem 50% de desconto e na compra antecipada pela web até um dia antes do jogo ganhará mais um desconto especial.

Sócio Torcedor Ouro tem prioridade de compra pela web até um dia antes do jogo e ganhará mais um desconto especial.

Idoso - 50% de desconto no ingresso mediante apresentação da carteira de identidade (RG) na compra e acesso ao Estádio. Desconto válido para Cadeira Central , Lateral e Arquibancada. Necessário credenciamento antecipado. Venda somente na bilheteria da Carlos Barbosa.

Estudante - 50% de desconto somente na Arquibancada na apresentação de carteira de identidade (RG) e carteira estudantil na compra e acesso ao Estádio. Necessário credenciamento antecipado e aquisição do cartão do Torcedor. Venda somente na bilheteria da Carlos Barbosa.

ATENÇÃO TORCEDOR:
Torcida visitante ARQUIBANCADA, entrada pelos portões 20
Ao adquirir o cartão do Torcedor pelo custo de R$ 5,00, poderá ser recarregado nos jogos, pagando somente o valor do ingresso.
 

 

 

 

 

 

 

Tags: ,

Um banquete no Olímpico!

Em (Opinião) por admin em 12/02/2012

Terminava o o jogo farto de gols e o menino Valdo me telefonava, degustava uma, uma, ai como é o nome daquela iguaria que é feita de farelos fritos oriundos de uma raíz?

Tapióca, ele degustava uma tapióca e seu indigesto 3G não o permitia ver os gols do jogo. Uma pena, foram gols vindos do esforço, como devem ser os gols de um time que aos poucos se encontra, e que não encontra facilidades perante adversários dispostos a jogar uma final de Copa do Mundo.

Um descuido fez com que o Santa abrisse o placar. Mal deu tempo de dar esperanças ao solitário torcedor do galo do interior. Grolli, no rebote de uma bela cabeçada de Moreno empatou.

Naldo, este negrinho que parece frágil, mas que é um leão tanto na zaga quanto no ataque marcou dois, segurava lá atrás e resolvia lá na frente.

Sente-se muito a falta de Fernandes e Júlio César nas laterais, o ataque, famélico por bons cruzamentos, padece e carece de quem mate a fome de bolas alçadas na área com categoria.

Edílson, após substituir Gabriel, deu um bom passe para que Kléber concluísse de cabeça, estava consumado o 4x1, o gol de Kléber foi a sobremesa que o torcedor queria.

Fica o registro da fome de gols que tem Marcelo Moreno.

Tags: , , , ,

É um sentimento que me faz amar

Em (Opinião) por admin em 15/09/2010

OPINIÃO - Essa é uma data em que não podemos deixar de nos virar a favor do nosso Grêmio. Esquecer essa politicagem, essa colocação na tabela, essa flauta que temos ouvido dos quatro cantos.
Hoje é o dia de vestir não só a camisa, mas o GREMISMO que mora dentro do coração tricolor. Hoje, senhoras e senhores, é o dia de VESTIR O GRÊMIO, e voltar pra casa, pra nossa casa, o Olímpico Monumental.
Hoje acordei com meu guri, Igor, de 5 anos, pulando em cima da cama. Bandeira na mão, camiseta em punho "Mãe, mãe, acorda que é hoje o aniversário do Grêmio!", e quantos de nós não cresceu assim?
Meu pai me ensinou a inflar o peito na conquista, e na derrota também. Amar o meu time incondicionalmente, mas assumo que tem sido complicado, tamanha era minha birra com o fulano e o ciclano.
Mas hoje, gurias, é dia de pegar seu piá, vestir o manto e chorar com a comemoração, rezar na Missa Comemorativa, cantar com a Geral, e amar, de novo, aquele campo que nos trouxe tantas e tantas Glórias.

Aqui, mais um gremista que merece ver o nosso estádio lotado, e lindo:
Igor Bruzza

Te vemos lá!

Tags: , , , , , , , , ,

O time a ser batido?

Em (Opinião) por admin em 03/04/2010

Para o goleiro Victor, o Grêmio é o time a ser batido

Ontem estava ouvindo a Rádio Gaúcha e me chamou a atenção uma declaração do Victor: nosso capitão afirmou que no momento o Grêmio é o time a ser batido no futebol brasileiro. Perguntado se esse time não seria o Santos, respondeu que o time da Vila pode ser o mais badalado, mas o Grêmio tem sido mais efetivo. Essa constatação do nosso arqueiro me fez refletir sobre atual momento do Tricolor no cenário nacional, já que aqui pelos pampas não resta dúvida de qual o melhor time na atualidade, os números falam por si. Não é novidade para ninguém que os times que enfrentamos no Gauchão e nessas fases iniciais da Copa do Brasil não servem como parâmetro para sabermos se o Grêmio está pronto para enfrentar equipes mais fortes no Campeonato Brasileiro e na fase mais quente da Copa do Brasil. Mas também é verdade que não podemos desconsiderar a campanha que viemos fazendo. Vamos aos números: são 14 vitórias consecutivas, 51 jogos de invencibilidade no Olímpico e 100% de aproveitamento na Taça Fábio Koff. Convenhamos que não são resultados que acontecem todos os dias, eu mesma não lembro da última sequência boa assim do Grêmio, mesmo contra times mais fracos. Analisando os números do Santos, apontado por (quase) todos como o melhor time do Brasil atualmente, percebo que o que mais chama atenção são as goleadas, nem tanto o aproveitamento, que é bom, mas inferior ao nosso. E se os times que temos enfrentado são fracos, o mesmo pode ser dito dos que foram goleados pelo Santos. Claro que ainda assim as vitórias elásticas dos meninos da Vila devem ser valorizadas, assim como o nosso excelente aproveitamento. Mas, afinal, qual dos dois times vive melhor momento? Qual está apresentando um futebol mais convincente? Qual chegará mais longe na Copa do Brasil? Acredito que ninguém tenha respostas definitivas para essas perguntas. Todas as opiniões que lemos e ouvimos agora não passam de "achismos", só teremos essas respostas quando as duas equipes se enfrentarem, possivelmente numa semifinal da Copa do Brasil (se ambos chegarem lá, é claro). Para ser bem sincera, quero mais é que todos pensem que o Santos é o grande time, prefiro ver o Grêmio como o time que está correndo por fora do que como favorito. Uma coisa, no entanto, é certa: o time a ser batido na sua casa é o Grêmio, pois nenhum outro no Brasil tem essa invencibilidade de 51 jogos. E que assim continue por muito tempo! Sou Gremista e me basta!

Tags: , , , , , , , ,

No caminho certo… espero!

Em (Pós-Jogo) por admin em 15/03/2010

Maylson foi destaque

 Domingo passado, ao sair do Olímpico após mais um jogo com vitória, comentei com amigos que algo vinha me incomodando. O fato é que eu estava saindo triste, descontente e desconfiada de todos os jogos do Grêmio em casa. O que aconteceu hoje não foi muito diferente, embora eu não possa deixar de admitir que houve evolução em alguns pontos. Começando pela defesa, hoje foi a segunda partida desde o começo da temporada na qual não levamos gol. Além disso, apesar de não termos levado gol do Novo Hamburgo, houve pressão, com o Victor salvando (como sempre). Mas o fato a comemorar é que hoje o nosso arqueiro foi um mero coadjuvante da partida. Ok, o adversário era o modesto Inter-SM, mas ultimamente nossos adversários também eram fracos e mesmo assim estávamos tomando gols e pressão. Então, acredito que sim, devemos valorizar nossa evolução defensiva. O jogo de hoje também serviu para confirmar que os guris estão pedindo passagem no time do Silas. Foi preciso o Hugo se machucar para o nosso treinador escalar o Maylson ao lado do Douglas (que mais uma vez teve boa atuação). O guri, que já havia ido bem em outras oportunidades, foi o destaque do jogo, marcando os dois primeiros gols da vitória tricolor de 3x0. O terceiro gol foi marcado por Fernando em boa jogada do Mithyuê (ambos haviam ingressado no 2º tempo nos lugares de Maylson e William, respectivamente). Aliás, a entrada desses jogadores confirma a tese de que devemos aproveitar mais esses guris oriundos das categorias de base. Eles foram bem no jogo de hoje, principalmente Mithyuê, que deu movimentação ao ataque tricolor. Não que seja muito difícil dar mais movimentação do que o William "cone", mas não dá para entender a escalação desse jogador, mesmo com a lesão do goleador Borges. Enfim, foi um jogo que não chegou a empolgar o torcedor, mas controlamos o adversário, não corremos riscocs em momento algum e fizemos um placar elástico. Houve, sim, evolução e a maior prova disso é que ao final da partida, ao ouvir o apito do juiz, foi uma das primeiras vezes que não ouvi vaias ou contestações nas Sociais do Olímpico. Que continue assim, com o time em constante evolução.  SERVIÇO DA PARTIDA  GRÊMIO  Victor; Edílson, Mário Fernandes, Rodrigo e Fábio Santos; Ferdinando, Adilson, Maylson (Fernando) e Douglas; Jonas (Bergson) e William (Mithyuê).  Técnico: Silas  INTER-SM  César; Djair, Sananduva e Juliano; Xande (Paulo César), Cleitão, Elias (Maurício Medeiros), Pio, Anderson Cruz e Júlio Cézar (Bruno); Dudu  Técnico: Bagé  Data: 14/03/2010. Gols: No primeiro tempo, Maylson, aos 40 minutos. No segundo, Maylson, aos 29 e Fernando, aos 43. Cartões amarelos: Djair, Júlio Cézar, Cleitão, Paulo César (I), Douglas (G). Arbitragem: Vinícius Costa, auxiliado por Anderson da Silveira Farias e Júlio César dos Santos. Público: 10.936 (9.651 pagantes). Renda: R$ 132.375,50. Local: Estádio Olímpico   PRÓXIMO JOGO  VOTORATY X GRÊMIO, pela Copa do Brasil, no Estádio Domênico Paolo Mettidieri, em Votorantim-SP. 17/03/2010 (quarta-feira) às 15h30.  Sou Gremista e me basta!

Tags: , , , , , , , , , ,

O bom filho à casa torna

Em (Pré-Jogo) por admin em 17/10/2009

Maxi López x Marcelinho Paraíba: mais um duelo de artilheiros

Maxi López x Marcelinho Paraíba: mais um duelo de artilheiros

O Grêmio está de volta para casa. Após duas partidas fora de seus domínios, voltamos a jogar no Olímpico neste domingo, às 16h, contra o Coritiba. A torcida tricolor anda desconfiada, já são 4 jogos sem vitória, completando um mês, e todos esperamos que essa sequência negativa seja quebrada amanhã, que o Grêmio volte a nos proporcionar uma agradável de domingo com uma bela atuação e 3 pontos na conta. Sobre a nossa situação no campeonato, confesso que já joguei a toalha em relação à disputa por uma vaga na Libertadores 2010. Podem me chamar de pessimista, mas é que não vejo o time engrenar, embora os adversários nesta disputa estejam dando mole. Na verdade, essa campanha me lembra em muito o ano de 2007, quando sempre estivemos por ali, namorando o G4, sempre perto, mas quase nunca lá, e acabamos ficando de fora. Realmente espero que eu esteja enganada e o Grêmio me surpreenda, mas olhando a tabela acho que temos até mesmo que abrir o olho para não ficarmos de fora da Sulamiranda! Bem, talvez eu esteja exagerando, mas cheguei a essa conclusão a ver a quantidade de times que tem pontuação que nós (o Santos, antes do início dessa rodada estava em 13º com 40 pontos, 1 a menos que o Grêmio).  O Coxa, nosso adversário na tarde de amanhã, tem como principal jogador o nosso velho conhecido Marcelinho Paraíba (será que ele também não tem "perfil" para jogar no Grêmio???). Autuori já chamou atenção do grupo para ter atenção especial com esse jogador e não repetir o erro do último jogo, quando deixamos o Ronaldo Fofômeno à vontade para deitar e rolar (literalmente). Ainda sobre o Coritiba, o time paranaense vem com 10 jogadores pendurados com dois cartões amarelos. Será que vão tirar o pé? Falando em pendurados, esse também é um problema vivido do lado de cá. São seis jogadores nessa situação: Maxi López, Bruno Collaço, Lúcio, Victor, Fábio Rochemback e Tcheco. Sem esquecer que o próximo jogo é o GreNada e não queremos estar sem nossos principais jogadores, acho que estes não devem "se poupar" por isso, até porque na tabela, o jogo contra o Coritiba vale os mesmos 3 pontos e, convenhamos, é mais "fácil" de ganhar, pois o clássico tem o fator emocional, sempre é uma partida mais complicada e imprevisível. Claro que quero ganhar dos vermelhos, mas não podemos "sacrificar" o jogo de  amanhã para isso! Amanhã estarei novamente nas sociais do Monumental, alentando o meu amado Grêmio na busca de mais uma vitória, e realmente espero que todos os gremistas que puderem façam o mesmo, pois nosso amor e apoio ao Tricolor deve ser capaz de superar uma sequência de maus resultados. Mas vá para torcer, por favor, deixem as cornetas em casa!!!! Sou Gremista e me basta! Possíveis escalações: Grêmio: Victor, Mário Fernandes, Léo, Réver e Lúcio; Túlio, Rochemback, Tcheco e Souza; Perea e Maxi López Coritiba: Edson Bastos, Ângelo, Pereira, Jéci, Luciano Amaral; Leandro Donizete, Carlinhos Paraíba, Renatinho; Thiago Gentil, Marcelinho Paraíba e Marcos Aurélio Grêmio x Coritiba Campeonato Brasileiro 2009 – 30ª rodada Local: Estádio Olímpico Horário: 16:00 Arbitragem: Célio Amorim, Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Marco Antônio Martins (SC)

Tags: , , , , , , ,

Me engana que eu gosto

Em (Opinião) por admin em 06/10/2009

Passada um pouco a decepção pelo jogo desse último domingo, um empate com ares de derrota contra o Sport, que luta pra sair da zona de rebaixamento, me pergunto: até quando vamos nos enganar? Na verdade, eu sou daquelas que acredito até o ultimo minuto que algo bom vai acontecer. Sou daquelas que vê o final de um filme uma vez e quando assisto novamente, mesmo sabendo que não tem como alterar o final, eu ainda penso que poderia ter sido diferente,que  poderia ter terminado com um final feliz. A campanha do Grêmio ano passado foi assim e este ano está indo pelo mesmo caminho. Claro que as campanhas são diferentes , a posição na tabela também mudou, o técnico e a direção também não são mais as mesmas. Apesar disso, vejo que tudo acabará da mesma forma: sem título e, se nada mudar de verdade, sem a vaga para a Libertadores de 2010. RaloDevido a atual conjectura do campeonato, seria exagero de minha parte (e iria contra a minha natureza) não acreditar que ainda é possível uma vaga no G4, mas será que não estou me enganando de novo? Ok, o Grêmio é o Imortal. Um time capaz de feitos inacreditáveis. Quando tudo parece ir pelo ralo, lá vai o Grêmio e sua força sobrenatural e vira o placar, alcança o resultado que parecia impossível. mas até quando vamos nos basear nos deuses tricolores para buscar resultados que na verdade não alcançamos por falta um planejamento tecnico e de direção, falta de esforço dos jogadores e, o que ainda é pior, falta de apoio da torcida? Vale a pena lembrar que a última vez que esta imortalidade aconteceu, graças a Deus, foi pra trazer o time da série B na famosa "batalha dos Aflitos" para a série A, o último feito com dramaticidade heróica do Grêmio. É preciso um pouco mais do que a Imortalidade. Os deuses não conspiram a favor quando alguma coisa está errada. Na reta final do campeonato, onde está aquela torcida que vibra no estádio? Onde estão os mais de 30 mil torcedores apoiando em todos os jogos? Se continuarem vaiando e corneteando, não terão nem a Libertadores para ir. Mas se o objetivo é se tornar torcida de modinha que só vai ao estádio quando o time está bem, sigam assim. Mas o lugar pra isso não é no Olímpico, o lugar é um pouco mais lá pra zona sul. Onde está aquele sentimento incondicional de apoio? Aquele que fazia muito abrirem mão de um domingo de sol no litoral pra alentar o time dentro do Olímpico? Aquele sentimento de que cada um faz a diferença pro resultado acontecer? Parece exagero me irritar com alguns que ficam nas sociais E nas arquibancadas (não posso considerá-los torcedores) chamando quem quer que esteja na casamata de burro, até se for a própria mãe? Me empolgar com a chegada de um atacante que recebe a camiseta 16, imortalizada pelos gols de Jardel na Libertadores de 95?  Acreditar quando vejo meu time não perder uma partida em casa há mais de um ano? Assim como muitos torcedores, eu esperava muito mais do Grêmio neste ano. Esperava que já estivessemos com a posição no G4 assegurada, ainda mais com a chegada do Autuori , mas estariamos nós com um técnico de muita estratégia e pouco pulso no vestiário? De qualquer forma, eu comprei a idéia que me venderam. No entanto, o filme ainda não acabou. Ainda dá pra mudar o final que está se aproximando, mas tem que começar agora. Não dá mais pra esperar.   Te sigo aonde for.

Tags: , , , ,

Domingo Azul

Em (Uncategorized) por admin em 10/09/2009

A comemoração dos nossos 106 anos de glórias começa nesse domingo, dia 13/09, com o Domingo Azul. E o local, claro, é no Estádio Olímpico Monumental, a partir das 14hs. Várias atividades como brincadeiras para as crianças, jogos e stands dos parceiros do clube estão na programação para a família gremista curtir o domingo no Monumental. Para finalizar o dia, o jogo do Grêmio contra o Náutico, no Estádio dos Aflitos, será transmitido em um telão. Dia de comemorar, relembrar e torcer. Então torcedor gremista, domingo nos encontramos lá. Dia: 13 de setembro - domingo Local: Estádio Olímpico Monumental Hora: a partir das 14h – encerra após transmissão de Náutico x Grêmio Sócio: 1kg de alimento não perecível * Não sócio: 2kg de alimento não perecível * * menos sal. Mais informações sobre o Domingo Azul, clique aqui. Para ver a programação completa da comemoração dos 106 anos, clique aqui.

Tags: , , ,